Você está aqui: Página Inicial > Noticias > 2018 > Começam as oficinas de cocriação para elaboração do 4º Plano de Ação para Governo Aberto

Notícias

Começam as oficinas de cocriação para elaboração do 4º Plano de Ação para Governo Aberto

Notícias

Após a primeira etapa de definição dos temas do 4º Plano de Ação do Brasil na Parceria para Governo Aberto, começa etapa de oficinas com participação paritária entre sociedade e governo para definição de desafios e estabelecimento de compromissos.
por publicado: 28/05/2018 16h08 última modificação: 30/05/2018 11h28

A segunda fase do processo de elaboração do 4º Plano de Ação brasileiro na Parceria para Governo Aberto começou dia 28 de maio. Conforme determina a metodologia para a construção do Plano, após a primeira fase de definição de temas, é feita a discussão dos desafios e a definição dos compromissos que comporão o Plano. Para tanto são realizadas oficinas de cocriação que contam com a participação paritária de especialistas do governo e da sociedade civil. As oficinas abordarão os temas definidos na primeira etapa do processo de criação do 4º Plano.

A primeira oficina, ocorrida em 28 de maio, foi sobre o tema Governo Aberto e Recursos Hídricos. No dia 29 de maio, será sobre Inovação e governo aberto na ciência.

Para cada tema serão realizadas duas oficinas.  Na primeira, os especialistas deverão escolher três desafios a serem enfrentados. Após essa definição, será aberta consulta para priorização do desafio considerado mais relevante pela sociedade. O desafio selecionado será debatido na segunda oficina de cocriação, na qual será criado o compromisso que irá compor o 4º Plano de Ação, com definição de estratégias e atividades para sua concretização.

Acompanhe os resultados das oficinas. Participe dos processos de priorização dos desafios.  

Confira como foi o processo de Definição dos temas


Parceria internacional

A Parceria para Governo Aberto – Open Government Partnership (OGP) é uma iniciativa internacional com objetivo incentivar práticas relacionadas à transparência dos governos, ao acesso à informação pública, à inovação e à participação social. As ações relativas à OGP são operacionalizadas por meio de um Plano de Ação. Nesse documento, cada país participante define seus compromissos e delimita as estratégias e atividades para concretizar ações nas quais precisa se desenvolver. Os planos de ação possuem duração de até dois anos. Neste momento, o Brasil está em fase de execução do 3º Plano de Ação e início da elaboração do 4º Plano.

 foto 2.jpg