Você está aqui: Página Inicial > Noticias > 2016 > Câmara realiza no Chile 1º Hackathon Legislativo Mundial

Notícias

Câmara realiza no Chile 1º Hackathon Legislativo Mundial

Parlamento Aberto

As inscrições estão abertas até 26 de junho para participações presenciais ou remotas
por publicado: 06/06/2016 09h36 última modificação: 22/08/2016 15h29

O Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados, em parceria com a União Interparlamentar, o Instituto Nacional Democrata e a Câmara de Deputados do Chile, realiza de 28 a 30 de junho, na cidade de Valparaíso, no Chile, o 1º Hackathon Legislativo Mundial. O Hackathon é uma maratona que reúne hackers, programadores, desenvolvedores e inventores para criar projetos que transformem informações de interesse público em soluções digitais.

O objetivo do evento, que ocorre durante a Conferência Mundial sobre o Parlamento Eletrônico 2016, é, por meio da criação de sites e aplicativos relacionados a temas legislativos, aumentar a transparência sobre as informações dos Parlamentos e a participação dos cidadãos no debate e elaboração de leis.

Inscrições

As inscrições estão abertas até 26 de junho para participações presenciais ou remotas. Os interessados em mais informações podem acessar o link do evento em inglês (www.wepc2016.org/en/hackathon-wepc2016) ou espanhol (www.wepc2016.org/es/hackaton-wepc2016).

Os participantes vão colaborar com a ideação, codificação e co-criação de sites e aplicativos novos. O quesito novidade, porém, não será uma exigência. Os organizadores aceitarão projetos desenvolvidos anteriormente, desde que tenham como foco o Legislativo. Na inscrição, os participantes devem indicar seus conhecimentos técnicos, experiência e interesses relacionados ao Hackaton.


Hackathons na Câmara

A Câmara dos Deputados do Brasil foi o primeiro Parlamento a realizar um hackathon nacional nas Américas, em 2013. Com o tema Transparência Legislativa e Participação Popular, o evento contou com 183 inscritos e 24 projetos finalistas.


No ano seguinte, o LabHacker organizou a segunda maratona, desta vez com o tema Gênero e Cidadania. Foram inscritos 165 candidatos, com o desenvolvimento de 19 projetos.

Os finalistas dos dois hackathons podem ser conferidos no site do LabHacker (http://labhackercd.net/hackathon.html#hackathons). 


Fonte: Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados